COMO FUNCIONA

Este blog foi criado num Domingo chuvoso daí www.domingoamigo.blogspot.com/!

Pensando em leitores que não se animam a manter um blog pessoalmente, e os bloggers, que desejosos de atingir outros leitores, além dos seus habituais, gostariam, vez por outra, de postar num blog COLETIVO, criamos a SOCIEDADE ANÔNIMA, onde você poderá postar, sempre que tiver vontade!

Para fazer parte dos AUTORES do blog basta escrever para: cimitan@terra.com.br, solicitando sua inclusão, como membro do SOCIEDADE ANÔNIMA. Mande seu nome, e endereço de e-mail, para ser registrado. Só não pode deixar de assinar seus posts! E será responsabilizado pelo seu conteúdo.

A gerência se reserva ao direito de excluir o participante cujo comportamento não for condizente com o do grupo.

18.3.13

Flores, Férias e Os Admiradores de Pouca Beleza.


Nas minhas férias aproveitei para registrar as flores do jardim da casa da minha cunhada, na cidade de Alexânia, em Goiânia. Ótimas férias, família reunida. Festa e descanso. Com tempo livre, tornei-me "admirador de pouca beleza". 
Você sabe o que é um admirador de pouca beleza? Não sabe? Vou contar uma pequena história para melhor explicar.




Este título a algum tempo atrás, eu e um amigo recebemos, quando jovens no jardim da faculdade, estávamos por longo tempo observando uma casa de cupim. 
Ele estudante de agronomia e eu de engenharia, quando um colega passando nos viu ali sentados, compenetrados, atentos aos movimentos dos cupins em sua comunidade. 


Não se contendo, parou um instante e perguntou:
- O que vocês estão fazendo? 
- Estamos olhando esta casa de cupim. 
Ele continuou nos olhando enquanto se afastava com ar de descaso, falou: 
- Eu hem! Não tem o que fazer? Vocês são admiradores de pouca beleza. 


Ficamos ali pensando no que ele disse. Nos entreolhamos, rimos e continuamos a examinar a casa de cupim e seus alheios habitantes. 
Tornamo-nos assim a partir dai: Admiradores de pouca beleza. 
E foi nesta condição que registrei estas imagens de beleza única, em suas cores, desenhos e complexidade. 


É a magnifica magia que a mãe natureza cuidadosamente deposita em cada pétala, folha ou ou galho, em movimento ou parado, que me fascina. A disposição de cada elemento, compondo um quadro maior com outros elementos, interagindo com outros quadros, me encanta. Percebe-se que ela, a natureza, capricha no que faz. Portanto, espero que apreciem delicadeza e força, juntas em um conjunto de formas e movimento, que iluminam os olhos e a alma. 
Aprecie sem moderação. 

Nenhum comentário: