COMO FUNCIONA

Este blog foi criado num Domingo chuvoso daí www.domingoamigo.blogspot.com/!

Pensando em leitores que não se animam a manter um blog pessoalmente, e os bloggers, que desejosos de atingir outros leitores, além dos seus habituais, gostariam, vez por outra, de postar num blog COLETIVO, criamos a SOCIEDADE ANÔNIMA, onde você poderá postar, sempre que tiver vontade!

Para fazer parte dos AUTORES do blog basta escrever para: cimitan@terra.com.br, solicitando sua inclusão, como membro do SOCIEDADE ANÔNIMA. Mande seu nome, e endereço de e-mail, para ser registrado. Só não pode deixar de assinar seus posts! E será responsabilizado pelo seu conteúdo.

A gerência se reserva ao direito de excluir o participante cujo comportamento não for condizente com o do grupo.

23.2.13

Oscar: Veja Quem Esnobou a Estatueta.


Que todo artista sonha em ganhar um prêmio pelo seu trabalho, isso com certeza todo artista já sonhou. O que ninguém sonha é não ir a cerimônia receber a tão desejada premiação. Na história do Oscar, a estatueta concedida pela Academia de Cinema Americano, há alguns registro que contam o contrário.
Acredite se quiser, tem artistas que bate o pé, diz que não quer, protesta, argumenta e pronto. Tem outros que  nem comparecem ao local de entrega. Porém tem aqueles que não vão a cerimônia, mas vão pegar a estatueta no dia seguinte. E outros foram pegos de surpresa pelo destino.
São vários os motivos. Políticos, ideológicos, compromisso particular ou de força maior. Se cansaram de ser indicados e não levar, e preferiram ficar no trabalho. Ou acharam melhor assistir TV. 
Veja neste artigo quem esnobou a estatueta, deixou a todos, inclusive os artistas, de boca aberta com tamanha convicção.

  • O escritor John Lee Mahin recusa a indicação ao Oscar de melhor roteiro pelo filme Captains Courageous. Ele alega não concordar com as regras de votação. 1938.
  • Depois de ganhar muita repercussão mundial, Greta Garbo ganha um Oscar por sua contribuição ao cinema. No entanto, a atriz não vai à cerimônia. 1955.
  • O ator Gary Cooper recebe um prêmio de honra, pelo conjunto de sua obra, mas não comparece à cerimônia. Ele já tinha ganho dois Oscar em 1941 e 1952, pelos filmes Sargento York e Matar ou Morrer. 1961.
  • George C. Scott recusa a indicação ao Oscar de melhor ator coadjuvante por Desafio à Corrupção, em 1962, mas é em 1971 que George C. Scott, protagonista de 'Patton, Rebelde ou Herói?', deixa a todos admirados pela sua recusa ao prêmio de melhor ator, por considerar que ele não competia com ninguém. 1971
Uma curiosidade sobre George C. Scott: George e o Oscar não se tornariam amigos. Ele dizia que o processo inteiro da Academia era para forçar os atores a se tornarem verdadeiras estrelas e que a cerimônia era um "mercado de carne". Apesar da sua opinião sobre o prêmio, seria indicado várias outras vezes. No dia da premiação por "Patton", ficou em casa assistindo a um jogo de hóquei, se recusando a ir recebê-lo. Apesar de desbocado e arrogante, sempre foi respeitado pelos colegas, por ser um excelente ator.
  • Marlon Brando não aceita o Oscar de melhor ator como forma de protesto. Ele reclama do modo como os índios são tratados pela televisão e pelo cinema. 1973
  • Peter Finch leva o prêmio de melhor ator por Netword, mas morre dois meses antes da cerimônia. 1977
  • Como melhor diretor pelo filme Noivo Neurótico, Noiva Nervosa, Woody Allen não vai à cerimônia porque tem uma apresentação de sua banda de jazz, os Ragtime Rascals, em um pub de Manhattan. 1978
  • Katharine Hepburn bate o recorde e ganha seu quarto Oscar de melhor atriz, em 1982, desta vez por 'Um Lago Dourado'. Ela não vai à cerimônia porque estava em Washington ensaiando a peça 'West Side Waltz', de Ernest Thompson. 1982
  • Zbigniew Rybczynski, ganhador do Oscar de melhor animação por Tango, deixou o auditório para fumar um cigarro e na volta foi barrado pelos seguranças. Por ter pouco domínio da língua inglesa, não conseguiu dizer que era um dos convidados. Acabou algemado e ficou preso por uma noite. 1983
  • Paul Newman ganha o prêmio de melhor ator por sua atuação em A Cor do Dinheiro, mas prefere assistir à cerimônia de casa e não buscar a estatueta. Procurado pelos jornalistas, explica: "Estive lá seis vezes e perdi". 1987

Nenhum comentário: