COMO FUNCIONA

Este blog foi criado num Domingo chuvoso daí www.domingoamigo.blogspot.com/!

Pensando em leitores que não se animam a manter um blog pessoalmente, e os bloggers, que desejosos de atingir outros leitores, além dos seus habituais, gostariam, vez por outra, de postar num blog COLETIVO, criamos a SOCIEDADE ANÔNIMA, onde você poderá postar, sempre que tiver vontade!

Para fazer parte dos AUTORES do blog basta escrever para: cimitan@terra.com.br, solicitando sua inclusão, como membro do SOCIEDADE ANÔNIMA. Mande seu nome, e endereço de e-mail, para ser registrado. Só não pode deixar de assinar seus posts! E será responsabilizado pelo seu conteúdo.

A gerência se reserva ao direito de excluir o participante cujo comportamento não for condizente com o do grupo.

9.2.13

Dita Von Teese, a Pin-up Rainha do Burlesco!!!


Nascida Heather Renée Sweet, em 1972, no Michigan, USA, a criança que sempre gostou dos musicais da MGM e adorava imitar as estrelas de Hollywood, não precisou de muito para que seus pais a colocassem em aulas de dança e representação.

Aos 16 anos, fascinada por moda, apaixonou-se pelos diversos estilos de roupa íntima feminina, enquanto trabalhava numa loja de lingerie. Ali nascia a atriz, modelo e artista burlesca. 

Estamos falando de Dita Von Teese, fetichista assumida, e responsável pela reinvenção da estética pin-up dos anos 40 e 50 e do termo "burlesco" associado à arte ancestral do strip-tease. Cujas performances são espetáculos agendados com pelo menos um ano de antecedência e cachês ao alcance de poucos mortais.

Tornou-se entertainer aos 20 anos e passado algum tempo, a Playboy reparou nela, e 1997 a revista publicou um ensaio fotográfico de Dita e o sucesso foi tanto que muitos começaram a conhece-la como a rainha do burlesco. Dita já esteve nas páginas da revista mais de 30 vezes
Como atriz Dita Von Teese fez mais de dez filmes tendo sido inclusive premiada como melhor atriz no filme The Death of Salvador Dali em 2005 no Beverly Hills Festival. 

O livro duplo Burlesque and the Art of Teese/Fetish and the Art of Teese é o testemunho ilustrado do sex simbol de luxo que Dita se tornou. Neste período foi casada com o músico norte-americano Marilyn Manson, entre 2005 e 2007. Hoje separados, seguem suas carreiras. 

Mas o que realmente chamava a atenção no universo artístico de Dita são as representações no palco da mulher romântica, misteriosa, diva ou fatal que ela incorpora em suas performances. A luz baixa, o som das grandes bandas de jazz, produção impecável e a beleza dos movimentos, fazem delirar a plateia, envolta em uma atmosfera dos Nigths Clubs dos anos 40 e 50. É magia vintage dos vestidos e champanhes. É o charme novele vogue das cigarreiras e dos chapéus panamás. 
O mais famoso de seus espetáculos é o antológico banho num enorme copo de martíni  mas existe outros tão bons quanto este. Pela seriedade e profissionalismo de Dita, o mercado disputa a golpes de foice uma vaga em seu Staff. Por sinal um dos maiores e melhores staffs de maquiagem, palco, músicos e figurino entre os entertainer da atualidade
Não é para menos, espetáculos intimistas e grandiosos, para um público seleto, não poderia ter produção menor que sua estrela maior.

Todos que foram assistir ao show da chamada rainha do burlesco, são unânimes em declarar que não tem como ficar imune a áurea de glamour, beleza e sofisticação que show a remete à plateia. 

Dita Von Teese não é só sinônimo de artista multifacetado, mas também de empresária competente que sabe explorar sua marca, com produtos licenciados de beleza, maquiagem e perfumaria, entre outros, vendido em todo o mundo.


Quem sabe um dia Madame Dita, não escolhe o Brasil para deixar em nós àquela sensação de glamour, beleza e sofisticação de seus shows.










Fonte: 

Nenhum comentário: