COMO FUNCIONA

Este blog foi criado num Domingo chuvoso daí www.domingoamigo.blogspot.com/!

Pensando em leitores que não se animam a manter um blog pessoalmente, e os bloggers, que desejosos de atingir outros leitores, além dos seus habituais, gostariam, vez por outra, de postar num blog COLETIVO, criamos a SOCIEDADE ANÔNIMA, onde você poderá postar, sempre que tiver vontade!

Para fazer parte dos AUTORES do blog basta escrever para: cimitan@terra.com.br, solicitando sua inclusão, como membro do SOCIEDADE ANÔNIMA. Mande seu nome, e endereço de e-mail, para ser registrado. Só não pode deixar de assinar seus posts! E será responsabilizado pelo seu conteúdo.

A gerência se reserva ao direito de excluir o participante cujo comportamento não for condizente com o do grupo.

18.9.12

Imagens da Grandeza e Beleza do Universo.

Imagens belíssimas do espaço impressionam e nos conduzem a contemplação. Somos levados a pensar que lá fora há muito mais que um simples universo. Há muitos universos, em cores e formas, tão deslumbrantes quanto belas. Só a combinação de várias  tecnologias, materializadas em estações e telescópios que fotografam o espaço de vários ângulos, poderiam nos brindar com tamanha beleza e magnitude. Tudo ali, escondido por de trás de uma noite estrelada ou de um lindo sol nascente. Alguém dúvida que somos pó?
Em visita ao site NASA - Jet Propulsion Laboratory, selecionei algumas imagens que podem ajudar, se houver alguma dúvida, na resposta.


Arco-Íris de Orion. Esta nova visão da nebulosa de Orion destaca estrelas nascentes escondidas no gás e nuvens. Ele mostra observações em infravermelho tiradas por Espacial Spitzer da NASA Telescópio e da Agência Espacial Europeia Herschel missão, em que a NASA tem papel importante. A nebulosa é encontrado abaixo das três estrelas que formam o cinto na constelação de Órion, o famoso Caçador, que aparece à noite em latitudes norte durante o outono e inverno. A uma distância de cerca de 1.500 anos-luz da Terra, a nebulosa não permite ser vista a olho nu. Binóculos ou um pequeno telescópio, no entanto, são tudo o que é preciso para dar uma boa olhada  nessa fábrica estelar.
Nuvem Empoeirada do Espaço. Esta imagem mostra a galáxia Grande Nuvem de Magalhães em luz infravermelho como visto pelo Observatório Espacial Herschel, uma missão da Agência Espacial Europeia liderada com importantes contribuições da Nasa, e do Telescópio Espacial Spitzer da NASA. Nos dados dos instrumentos combinados, esta galáxia anã parece uma explosão, de fogo circular. Em vez de fogo, no entanto, as fitas são realmente ondas gigantes de poeira cobrindo dezenas ou centenas de anos-luz. Campos importantes de formação de estrelas são visíveis no centro, à esquerda do centro e à direita. A região mais brilhante de centro-esquerda é chamada 30 Doradus, ou da Nebulosa da Tarântula, por sua aparição em luz visível.
O 'Pacman' tem dentes? Em luz visível, a nuvem de formação de estrelas catalogada como NGC 281 na constelação de Cassiopeia parece estar mastigando através do cosmos, ganhando o apelido de "Pacman" nebulosa depois do jogo de vídeo famoso Pac-Man de 1980. No entanto, o Wide-field Infrared Survey Explorador, ou WISE, observou a nebulosa em luz infravermelha, revelando uma visão diferente.
Todos os olhos para a mais antiga supernova registrada na história. Esta imagem combina dados de quatro diferentes telescópios espaciais para criar uma visão multi-comprimento de onda de tudo o que resta do mais antigo exemplar documentado de uma supernova, chamada RCW 86. Os chineses testemunharam o evento em 185 dC, documentando o misterioso fenômeno como "estrela convidada" que permaneceu no céu durante oito meses. Imagens de raios X da Agência Espacial Europeia XMM-Newton Observatory da NASA e Chandra X-ray Observatory são combinadas para formar as cores azul e verde na imagem. Os raios-X mostram que o gás interestelar que foi aquecido a milhões de graus devido a passagem da onda de choque de uma supernova.

Nenhum comentário: