COMO FUNCIONA

Este blog foi criado num Domingo chuvoso daí www.domingoamigo.blogspot.com/!

Pensando em leitores que não se animam a manter um blog pessoalmente, e os bloggers, que desejosos de atingir outros leitores, além dos seus habituais, gostariam, vez por outra, de postar num blog COLETIVO, criamos a SOCIEDADE ANÔNIMA, onde você poderá postar, sempre que tiver vontade!

Para fazer parte dos AUTORES do blog basta escrever para: cimitan@terra.com.br, solicitando sua inclusão, como membro do SOCIEDADE ANÔNIMA. Mande seu nome, e endereço de e-mail, para ser registrado. Só não pode deixar de assinar seus posts! E será responsabilizado pelo seu conteúdo.

A gerência se reserva ao direito de excluir o participante cujo comportamento não for condizente com o do grupo.

29.8.12

Mussum: Engraçadis Forévis!

Antonio Carlos Bernardes Campos, imortalizou Mussum. Personagem nascido na TV Excelsior que junto com Zacariais, Dedé e Didi formaram a trupe de humoristas em Os Trapalhões. 
Nascido no Morro da Cachoeirinha no subúrbio Lins de Vasconcelos, Rios de Janeiro, em 7 de abril de 1941. Antonio Carlos foi mecânico e militar, mas foi como artista que ficou famoso, e é como Mussum que é lembrado por seus fãs.
Influenciado pela samba de raiz, foi cantor e músico do grupo Os Originais do Samba. Grupo de grande sucesso nos anos 70. Mussum é considerado por muitos admiradores como o mais engraçado dos Trapalhões. 
Muito antes do "politicamente correto", o personagem criado tinha como característica principal o consumo de cachaça que ele chamava de "". Outra característica muito conhecida e particular era o jeito "Mussum de falar", acrescentando "is" ou "évis" no final das palavras. Assim palavras como cacilda ficava cacíldis; forever ficava forévis.
Carismático, inquieto, brincalhão, criador de frases super engraçadas como "eu vou me pirulitazis" (pirulitar), quando fugia de cena, ou "casa, comida, três milhão por mês, fora o bafo", entre tantas outras. 
Apaixonado pela Estação Primeira de Mangueira e Flamenguista roxo, morreu em decorrência de um transplante do coração, aos 53 anos em São Paulo, onde foi sepultado. Ao fazer dezoito anos de morte, os internautas homenageiam um dos artístas mais queridos da televião brasileira, e lembram do imortal Mussum.

Nenhum comentário: