COMO FUNCIONA

Este blog foi criado num Domingo chuvoso daí www.domingoamigo.blogspot.com/!

Pensando em leitores que não se animam a manter um blog pessoalmente, e os bloggers, que desejosos de atingir outros leitores, além dos seus habituais, gostariam, vez por outra, de postar num blog COLETIVO, criamos a SOCIEDADE ANÔNIMA, onde você poderá postar, sempre que tiver vontade!

Para fazer parte dos AUTORES do blog basta escrever para: cimitan@terra.com.br, solicitando sua inclusão, como membro do SOCIEDADE ANÔNIMA. Mande seu nome, e endereço de e-mail, para ser registrado. Só não pode deixar de assinar seus posts! E será responsabilizado pelo seu conteúdo.

A gerência se reserva ao direito de excluir o participante cujo comportamento não for condizente com o do grupo.

7.8.12

Como é Que é? A Medalha de Ouro é de Prata???

Todo atleta que vai a uma Olimpíada aspira conquistar uma medalha de ouro. Afinal é o reconhecimento por tanto esforço, treino, dedicação e até sacrifícios. Isso todo mundo sabe, mas o quem nem todo mundo sabe é que a tão desejada medalha de ouro não é tão de ouro assim.

Tem seu valor reconhecido por que muitos países pagam aos seus atletas a conquista das amarelinhas. E o digamos, o valor de mercado do atleta sobe muito quando ele conquista uma medalha de ouro. Prova disso é que a natação, atletismos e ginástica são os esporte que mais atraem patrocinadores.
As medalhas de ouro nos Jogos de Londres são feitas basicamente de prata com uma fina camada de ouro e algum cobre. Elas valem cerca de R$ 1.400,00 (706 dólares) atualmente, de acordo com o Conselho Mundial do Ouro. Há apenas 0.19 onças (6 gramas) de ouro nessas moedas, a despeito de seus tamanhos, e de seu peso que é de 412 gramas, ou seja, o total de ouro em toda a medalha não chega a 2% do peso total da medalha.
Já a medalha de prata, dada aos vice-campeões olímpicos, leva 7% de cobre, e tem valor de marcado de R$ 638,00 (335 dólares). Mas a pechincha dos jogos é a medalha de bronze, feita de 88% de cobre, que sai por apenas R$ 10,00 (5 dólares). 
Mas quem se importa com isso?! Se o que mais importa é competir e não vencer, as medalhas de ouro, prata ou bronze perdem muito de seu valor, quando são colocado um diante do outro – o atleta e seus próprios limites.
Vai Brasil, nós acreditamos na garra do atleta brasileiro que como a maioria dos brasileiros, que mesmo apesar de tudo contra - sem apoio, sem dinheiro - estão lá, lutando, sempre.

Nenhum comentário: