COMO FUNCIONA

Este blog foi criado num Domingo chuvoso daí www.domingoamigo.blogspot.com/!

Pensando em leitores que não se animam a manter um blog pessoalmente, e os bloggers, que desejosos de atingir outros leitores, além dos seus habituais, gostariam, vez por outra, de postar num blog COLETIVO, criamos a SOCIEDADE ANÔNIMA, onde você poderá postar, sempre que tiver vontade!

Para fazer parte dos AUTORES do blog basta escrever para: cimitan@terra.com.br, solicitando sua inclusão, como membro do SOCIEDADE ANÔNIMA. Mande seu nome, e endereço de e-mail, para ser registrado. Só não pode deixar de assinar seus posts! E será responsabilizado pelo seu conteúdo.

A gerência se reserva ao direito de excluir o participante cujo comportamento não for condizente com o do grupo.

20.7.11

AOS NOSSOS SÓCIOS - Como romper o marasmo ?


Diante do veemente desabafo do nosso amigo TONHO OLIVEIRA, quanto ao "desaparecimento" de leitores na blogosfera, como um todo, postamos aqui o gráfico do nosso SOCIEDADE ANÔNIMA, dos últimos 12 meses, até o dia de ontem. Como se pode constatar até o dia 20 de Julho, temos menos visitas, que tivemos no Julho do primeiro ano. Mas se considerarmos a  curva  crescente  dos 12 meses passados, podemos concluir que o blog é um sucesso. Conta com um número expressivo de autores, e principalmente,  de seguidores! Não temos do que reclamar! Isso não tem acontecido na maioria absoluta dos blogs tradicionais! Temos que nos reciclar, temos que continuar inovando, pois o número de leitores conectados à INTERNET é enorme, e ficamos mendigando centenas de visitas! Na verdade um blog para ser considerado um blog importante deveria ter no mínimo 3 a 4 mil visitas diárias! E estamos longe disso. Se somarmos todas as visitas de TODOS os nossos blogs, não passamos de algumas centenas! Isso prova que nosso circulo é muito estreito e há muito a ser conquistado. Vamos pensar juntos, de como poderemos romper esse marasmo.

Um comentário:

Eduardo P.L disse...

E certamente não é recorrendo ao Facebook que iremos reverter esse quadro.