COMO FUNCIONA

Este blog foi criado num Domingo chuvoso daí www.domingoamigo.blogspot.com/!

Pensando em leitores que não se animam a manter um blog pessoalmente, e os bloggers, que desejosos de atingir outros leitores, além dos seus habituais, gostariam, vez por outra, de postar num blog COLETIVO, criamos a SOCIEDADE ANÔNIMA, onde você poderá postar, sempre que tiver vontade!

Para fazer parte dos AUTORES do blog basta escrever para: cimitan@terra.com.br, solicitando sua inclusão, como membro do SOCIEDADE ANÔNIMA. Mande seu nome, e endereço de e-mail, para ser registrado. Só não pode deixar de assinar seus posts! E será responsabilizado pelo seu conteúdo.

A gerência se reserva ao direito de excluir o participante cujo comportamento não for condizente com o do grupo.

17.2.11

O CHINELO DO POETA



O CHINELO DO POETA
( Anne Lieri)


Aquele velho chinelo
Viu o poeta escrever,
Poesias como um novelo,
Delicadas a tecer!


Chegava em casa cansado
Da dura realidade!
Calçava o chinelo alado
Voava na humanidade!


Eram poesias vazias,
Ou cheias de sentimentos!
O chinelo tudo via
Navegava nos momentos!


E o poeta transformava
O deserto do coração,
Em oásis que abraçava
Sonhos de plena emoção!


Até o dia que partiu
Deixando ali na escrivaninha,
Poesias que ninguém viu
Mas o chinelo sabia!


2 comentários:

Chica disse...

Lindo,Anne e esse chinelo deve ter visto muitas coisas lindas por lá!
Linda inspiração!beijos,chica

byTONHO disse...



"pernas (pé) no mundo!"

Chiiiiineladas no mundo,
sola gasta!

Muito legal!

:)