COMO FUNCIONA

Este blog foi criado num Domingo chuvoso daí www.domingoamigo.blogspot.com/!

Pensando em leitores que não se animam a manter um blog pessoalmente, e os bloggers, que desejosos de atingir outros leitores, além dos seus habituais, gostariam, vez por outra, de postar num blog COLETIVO, criamos a SOCIEDADE ANÔNIMA, onde você poderá postar, sempre que tiver vontade!

Para fazer parte dos AUTORES do blog basta escrever para: cimitan@terra.com.br, solicitando sua inclusão, como membro do SOCIEDADE ANÔNIMA. Mande seu nome, e endereço de e-mail, para ser registrado. Só não pode deixar de assinar seus posts! E será responsabilizado pelo seu conteúdo.

A gerência se reserva ao direito de excluir o participante cujo comportamento não for condizente com o do grupo.

12.7.10

BLAISE PASCAL



Pascal
Em
Pensamentos.




205 – Quando penso na pequena duração da minha vida, absorvida na eternidade anterior e na eternidade posterior, no pequeno espaço que ocupo, e mesmo que vejo, fundido na imensidade dos espaços que ignoro e que me ignoram, aterro-me e assombro-me de ver-me aqui e não alhures, pois não há razão alguma para que esteja aqui e não alhures, agora e não em outro momento qualquer.

Quem me colocou nestas condições?

Por ordem e obra de quem me foram designados este lugar e este momento?

206 – O silêncio eterno desses espaços infinitos me apavora.

207 – Quantos reinos nos ignoram!






PASCAL, Blaise. Pensamentos. Tradução de Sérgio Milliet. São Paulo: Nova Cultural, 1988.

Sobre Pascal clique
http://pt.wikipedia.org/wiki/Blaise_Pascal

Publicado originalmente no REFLEXÕES: Setembro 2007

Um comentário:

Heloisa disse...

Texto perfeito para uma das minhas obsessões preferidas, a existência.
Muito bom